Atila Iamarino e Osmar Terra, quem errou?

Dois nomes circulam pelas redes sociais desde o início da pandemia pela covid-19, Atila Iamarino (biólogo e divulgador científico) e Osmar Terra (político e médico).


Atila Iamarino atingiu projeção nacional ao divulgar um vídeo baseado num estudo da Imperial College of London. Neste vídeo ele dizia que se o país não adotasse medidas como as de isolamento, distanciamento social e quarentena, poderíamos chegar aos 2 milhões de mortos.


Foi a partir deste vídeo que as autoridades adotaram medidas preventivas. Possivelmente isso preservou muitas vidas!


Por outro lado, na contramão do que dizia Atila, surgiram as opiniões e previsões de Osmar Terra. Osmar disse que o pico da doença seria no fim do mês de abril , que o número de mortes seria de no máximo duas mil e que seria necessária uma contaminação de 70% das pessoas para que atingíssemos uma "imunização de rebanho".

O que temos de concreto são 3 milhões de infectados e 100 mil mortos ( números arredondados que serão atingidos em alguns dias).

Pensando em números: 70% de 200 milhões são 140 milhões de pessoas, se 1% destas morrerem, são 1,4 milhões de óbitos!

Ou seja, o que o Osmar Terra defende é o que nos levaria para uma tragédia ainda maior, nos levaria para cenário alertado pelo Atila.

No Brasil da pós-verdade quem está sendo tratado como vilão é o Atila.



  • Facebook Social Icon
  • Twitter ícone social
  • whatsapp
  • Instagram ícone social
  • YouTube ícone social
© 2020 por Tudo Sobre Pós-Graduação

Minas Gerais - Brasil