top of page
pea - banner - site -2.png
  • Foto do escritorTudo Sobre Pós-graduação

Como fazer o resumo acadêmico de um artigo científico?

Um resumo acadêmico de um artigo científico geralmente contém informações importantes sobre o objetivo, o método, os resultados e as conclusões do estudo em questão. Aqui estão algumas dicas para escrever um resumo acadêmico eficaz:

  1. Identifique as informações essenciais: Leia o artigo cuidadosamente e identifique os pontos-chave do estudo. Isso inclui o objetivo da pesquisa, a metodologia utilizada, os resultados e as conclusões.

  2. Escreva o resumo em parágrafos: O resumo deve ter uma introdução, um corpo e uma conclusão. A introdução deve fornecer uma breve descrição do assunto em questão. O corpo deve conter os pontos-chave do estudo, enquanto a conclusão deve resumir as principais descobertas e implicações.

  3. Use linguagem clara e concisa: O resumo deve ser escrito em linguagem clara e concisa. Evite jargões e terminologias complexas. Use frases curtas e simples para transmitir as informações de forma clara e precisa.

  4. Revise e edite: Após escrever o resumo, revise-o cuidadosamente para garantir que as informações estejam completas e precisas. Edite o texto para garantir que não haja erros gramaticais ou de digitação.

  5. Verifique as diretrizes: Verifique se há diretrizes específicas para o resumo acadêmico, como o tamanho máximo permitido e as informações que devem ser incluídas. Certifique-se de seguir essas diretrizes para evitar erros.

Exemplo de resumo acadêmico:

Este artigo relata um estudo que investigou o impacto da prática regular de exercícios físicos no bem-estar emocional de indivíduos com histórico de depressão. Para realizar o estudo, foram selecionados 50 participantes com histórico de depressão e divididos em dois grupos: um grupo que praticou exercícios físicos regularmente e outro grupo que não praticou exercícios físicos. Os participantes foram avaliados quanto ao seu bem-estar emocional antes e depois do período de estudo. Os resultados mostraram que o grupo que praticou exercícios físicos regularmente apresentou uma melhoria significativa no seu bem-estar emocional em comparação ao grupo que não praticou exercícios físicos. Estes resultados sugerem que a prática regular de exercícios físicos pode ser uma estratégia eficaz para melhorar o bem-estar emocional de indivíduos com histórico de depressão.


Livros sobre metodologia de pesquisa:


bottom of page