Empreender: é um caminho?

A vida acadêmica “não tá fácil pra ninguém”, na verdade nunca esteve, mas os últimos anos foram especialmente complicados. Tivemos uma flagrante piora nas condições para quem opta por uma carreira científica, e o pior, não há expectativas de melhoras.


O Brasil praticamente dobrou o número de doutores formados nos últimos 15 anos, ao passo que o mercado de trabalho não acompanhou este crescimento. O resultado é que no Brasil hoje, 25% dos doutores estão desempregados, no mundo essa taxa é de 2%. Ou seja, estamos criando uma geração perdida de pesquisadores.


Na academia, a “geração perdida” refere-se aos cientistas e pesquisadores em meio de carreira que, após concluírem muitos contratos de curto prazo e posições temporárias, encontram-se amplamente excluídos das carreiras de pesquisa devido à falta de oportunidades para cargos permanentes.


A opção pela academia é naturalmente desafiadora, você lida com experimentos, pesquisas de campo, leitura e escrita de artigos, relatórios, dissertação/tese, participação em seminários, workshops, congressos, etc. Além disso, muitas vezes as pessoas mais próximas a você (família, relacionamento e amigos) não entendem muito bem o que você faz.


Outro fator complicante é o econômico, para se ter uma ideia uma bolsa de mestrado valia R$724,00 em 2000 e o salário mínimo era R$151,00, ou seja, uma relação de 4,79. Hoje temos a bolsa a R$ 1500,00 e o salário em R$ 998,00 o que dá uma relação de 1,5. Já a bolsa de doutorado era R$ 1.073,00 em 2000 e hoje é R$ 2.200,00.


A desvalorização é evidente.


Com este contexto sombrio, é preciso começar a pensar em alternativas para além do meio acadêmico. É exatamente isso que se argumenta nos textos O que vem em seguida para a ‘Geração Perdida’ de acadêmicos? e A vida depois do doutorado - para onde vamos agora?


O que se aprende em uma pós-graduação e nos anos de pesquisa acadêmica não é apenas técnico. Alguns dos aspectos mais importantes do treinamento em pesquisa são como pensar criticamente, como desenvolver processos de pensamento complexos e o desenvolvimento da criatividade.


Todas essas habilidades são vitais para enfrentar os desafios que a sociedade enfrenta hoje e no futuro. Cientistas em meio de carreira aprimoraram essas habilidades e, juntamente com outras, como liderança e capacidade de lidar com a incerteza e novos desafios, tornam esse público um forte ativo para a sociedade em geral.


Mas então, o que fazer? Empreendedorismo é uma alternativa para pessoas oriundas do meio acadêmico?


Se você fez um mestrado ou doutorado, significa que você tem uma bagagem de conhecimento prático e teórico bastante ampla, diversificada e profunda. Isso é o que basta para você iniciar um negócio na internet.


Você tem o bem mais valioso que alguém pode ter, o conhecimento.


Hoje é possível encontrar informações sobre todos os assuntos na internet. O problema é que esses assuntos estão desorganizados e desconectados, consequentemente, em vez de informar eles confundem.


A partir do momento que você tem habilidade de lidar com um grande contingente de informações e de torná-las acessíveis para as outras pessoas (você fez isso o tempo todo na sua pós-graduação), você tem a pedra fundamental para iniciar um negócio online.


Talvez você esteja se perguntando nesse momento: mas de onde partir, correto?


É exatamente isso que está descrito neste e-book distribuído gratuitamente pelo Alex Vargas. Nele você terá uma visão geral, algumas dicas e um passo a passo simples para que você possa começar e, na verdade, saber o que deve fazer para ter seu negócio online, o que te dará uma visão clara do processo de criação e estratégias para gerar receita, através de um empreendimento online!


Você pode se interessar também por este outro material gratuito 10 Passos Únicos Para Seu Negocio Online.


Adendo: Quem é o Alex Vargas?

O Alex Vargas é um empreendedor digital em série e criador do treinamento Fórmula Negócio Online, um curso que se tornou, em pouco tempo, uma referência para os iniciantes no marketing digital pela amplitude dos temas abordados. O curso já atingiu um público de cerca de 50 mil alunos e desde seu lançamento figura entre os mais vendidos da plataforma Hotmart.




  • Facebook Social Icon
  • Twitter ícone social
  • whatsapp
  • Instagram ícone social
  • YouTube ícone social
© 2020 por Tudo Sobre Pós-Graduação

Minas Gerais - Brasil