Mestrado e Doutorado: quais são as etapas do processo seletivo?


A procura por programas de pós-graduação aumentou muito nos últimos anos no Brasil, segundo o GeoCapes, em 1996 existiam 67.820 alunos da pós-graduação no país (45.622 de mestrado e 22.198 de doutorado) e hoje existem 248.593 alunos matriculados (130.471 de mestrado e 1 18.122 de doutorado).


Assim como o número de vagas, aumentaram também a concorrência e as dúvidas a respeito dos programas pós-graduação.


Algumas das dúvidas recorrentes que nos enviam é sobre os processos seletivos para ingresso no mestrado ou no doutorado.


"Qual é a etapa mais difícil no exame de seleção do Mestrado e do Doutorado"?

"Como se preparar para ingressar no Mestrado e no Doutorado"?

"Como fazer para passar no Mestrado"?


As respostas para essas perguntas não são tão simples, uma vez que os processos seletivos são distintos e cada pessoa tem as suas próprias dificuldades! O importante é se preparar de acordo com as especificidades de cada programa de pós-graduação.


Os processos seletivos de mestrado e doutorado são divididos basicamente em cinco etapas, são elas: prova específica, análise de currículo, exame de proficiência, entrevista e pré-projeto.

Processo Seletivo do Mestrado e do Doutorado

Essas etapas podem estar presentes ou não numa determinada seleção, também podem estar misturadas. Exemplo: apresentação de pré-projeto seguida de uma arguição que contemple todas ou algumas das outras etapas.


Quais são as dificuldades que os candidatos costumam encontrar nos processos seletivos?


✅ Nível das provas específicas e no exame proficiência.

*Dica: consulte as provas dos processos seletivos anteriores para você saber o nível e o formato da prova.


✅ Fazer um pré-projeto que se alinhe ao programa de pós-graduação ou agrade um professor do programa.

*Dica: você não pode escrever um pré-projeto da sua cabeça, ele tem que estar de acordo com o programa e de preferência que você já tenha consultado algum professor.


✅ Dificuldades na Entrevista/Arguição.

*Dica: esteja preparado para falar da sua trajetória acadêmica até aquele momento, do seu pré-projeto, de como sua pesquisa pode agregar ao programa de pós-graduação e sobre como o programa será importante na sua formação acadêmica!


✅ Análise de currículo ( histórico da graduação + currículo). Aqui não tem muito o que fazer no curto prazo, ou o seu currículo vai pontuar bem ou não vai. O problema é que a ausência de publicações, ou algumas reprovações na graduação, podem te colocar numa posição abaixo do nível das bolsas disponíveis. Exemplo: o programa tem 5 bolsas e você se classifica em sexto por causa do currículo, acontece, paciência e bola pra frente!


Compreender o processo seletivo como um todo é de fundamental importância para conquistar uma aprovação bem como uma boa colocação que te comtemple com uma bolsa.


Fonte de dados:

https://geocapes.capes.gov.br/geocapes

http://portal.mec.gov.br/setec-secretaria-de-educacao-profissional-e-tecnologica


Conheça o nosso e-book:

Mestrado E Doutorado: Um Guia Completo para a Aprovação no Exame de Seleção

Link: https://www.tudosobreposgraduacao.org/mestrado-e-doutorado


  • Facebook Social Icon
  • Twitter ícone social
  • whatsapp
  • Instagram ícone social
  • YouTube ícone social
© 2020 por Tudo Sobre Pós-Graduação

Minas Gerais - Brasil