Meu projeto de pesquisa parou, e agora?

Realizamos recentemente uma enquete nas redes sociais da página “Tudo Sobre Pós-Graduação" perguntando aos pós-graduandos se os programas de pós-graduação ou os projetos de pesquisas nos quais eles estão inseridos estavam parados! Houve uma boa resposta de pós-graduandos de todo o Brasil, eles são de várias áreas do conhecimento e os problemas apontados são diversos.

Este texto tem a intenção de tentar trazer um pouco de tranquilidade para as pessoas que estão carentes de informações mais precisas através de uma análise do panorama geral. Não é objetivo deste texto “cravar” o que vai acontecer daqui pra frente!

SOBRE OS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO

A primeira coisa que precisamos ter em mente é que estamos diante de uma situação atípica, é um ponto fora da curva da normalidade, portanto, é algo não previsto por você, pelo seu orientador ou pelo seu programa de pós-graduação.

Lembrando que os programas de pós-graduação são regidos por normas, regras e resoluções. Então, partindo do pressuposto que estas não preveem o que estamos vivendo no atual momento, podemos imaginar que estas normas, regras e resoluções estejam momentaneamente "congeladas" e que assim que for possível aos conselhos dos programas de pós-graduação se reunirem, novas resoluções serão criadas para se adequarem a nova realidade.

É importante frisar que cada programa tem o seu código de conduta e suas especificidades, sendo assim, é impossível prever o que será feito por cada um!

Por exemplo, um programa que tenha um estudo de cultura de células que não poderá ser adquirida ou que foi perdida, terá resoluções diferentes de programas nos quais os alunos possam emprestar livros das bibliotecas e continuarem suas pesquisas em casa.

SOBRE AS BOLSAS DE ESTUDOS.

Aqui temos um ponto extremamente importante, cuja resolução não será simples, principalmente para os bolsistas que estão no final de seus cursos.

Normalmente os órgãos de fomento e os programas de pós-graduação preveem 24 meses de bolsa para o mestrado e 48 meses de bolsas para o doutorado.

Vamos entrar aqui num contexto hipotético: imagine que você esteja com 21 meses de bolsa no mestrado ou 45 meses de bolsa no doutorado. Então você tem mais 3 meses de bolsa.

Suponhamos que a sua pesquisa esteja parada por conta da Covid-19, e que assim permaneça pelos próximos 3 meses. Porém você continuará recebendo suas bolsas normalmente mesmo “estando parado”!

Se isso ocorrer você receberá 27 ou 51 bolsas ou continuará na situação normal que é 24 e 48 respectivamente? Os órgãos de fomento criarão essa brecha no regulamento? Se criarem será para todo mundo ou para casos específicos?


Aqui utilizei 3 meses como exemplo mas você extrapolar para quantos meses desejar, até porque não sabemos até onde isso vai!

Para que ninguém saia prejudicado será preciso uma articulação enorme entre Ministério da Educação, CAPES, Cnpq, FAP’s, programas de pós-graduação, associações de pós-graduandos, etc. O que improvável de acontecer.

Essa situação ainda tem um agravante de que muitos programas de pós-graduação têm cotas fechadas de bolsas, ou seja, precisam que uma bolsa se encerre para que outra bolsa se inicie.

Se eu posso te dar um conselho neste momento é: adiante tudo que der para adiantar e fique muito atento aos prazos para não correr o risco de estar numa outra cidade, num outro estado e sem nenhuma fonte de financiamento.


O QUE DIZEM OS PÓS-GRADUANDOS

Segue abaixo alguns dos relatos que recebemos! Os nomes e as instituições foram deletados:

Eu estaria coletando durante todo período chuvoso e analisando minhas amostras em dois laboratórios na Universidade, mas estão fechados por conta da quarentena”

“Os locais que eu faria a pesquisa com os participantes, estão fechados”

“Continuo com alguns experimentos, reduzi a carga horária no laboratório e adiei experimentos que exigiam o trabalho aos finais de semana por medo/falta de segurança com a cidade deserta”

“Reduzimos os horários para não ter aglomerações no laboratório, quem já tem os dados ou ainda está coletando dados na literatura está realizando isso em casa, quem está com estudo prático em andamento realiza em horários alternados, e ainda estamos realizando mutirões para extração de álcool de bebidas destiladas para a fabricação de álcool em gel”

“Minha pesquisa também está parada por conta da limitação de acesso aos laboratórios devido a pandemia. Enquanto isso não muda, estou trabalhando em casa na produção de um manuscrito e fazendo a leitura de artigos. Sinto falta de analisar minhas espécies no herbário. E sinto que terei que acampar no herbário para poder recompensar o tempo que fiquei em quarentena”

“Tô eu com um microscópio em casa... pra tentar formar no tempo certo”

“Sou da Civil, sem laboratório como que produz? Tudo fechado na minha universidade”

“Parada por falta de possibilidade de liberação do laboratório pra usar os equipamentos necessários... Possibilidade de ter que mudar TODA A METODOLOGIA e começar do 0

“Meus campos foram todos cancelados/adiados, todos os meus dados vêm dos campos. Vai atrasar tudo”

Terminando as ICs e TCCs que começamos e já não estou absorvendo mais nem um discente no laboratório pois não temos verbas para manter novos projetos”

“Vou qualificar com uma pesquisa que prevê uma intervenção na escola com professor! Podem imaginar? Terei que mudar o projeto? Quando a escola voltar terá espaço para receber minha intervenção? “

“sou da área da literatura fantástica. se já não tinha grana pra gente, agora já era”

“Parado! E com medo das bolsas serem cortadas! Projeto de dança que ajuda a comunidade a combater o strees, ansiedade e depressão! Estamos na torcida de logo retornarmos”

“Tudo parado, sem poder fazer coleta , sem amostras, sem importar insumos. Prazo acabando, sem resultados só resta rezar”

“Totalmente parado. Calendário do doutorado cancelado, faculdade trancada, prazo pra qualificar até julho. Sem resultados satisfatórios ainda”

“Estava terminando minha coleta, seria as últimas visitas dos voluntários na semana que as atividades foram paralisadas

“Só falta a prática de campo pra concluir o último ano. Não posso fazer agora... não sei se terei tempo”

A Central Analítica do Instituto de Química da minha universidade está fechada por conta da quarentena. Então não posso fazer análises”

“Eu deveria estar fazendo entrevistas e coletando dados, mas agora estou apavorado”



EDIT: post editado após as manifestações da CAPES e do CNPQ sobre a prorrogação das boslas vigentes.


Prorrogação das bolsas CAPES CAPES recomenda que as instituições de ensino superior prorroguem o auxílio dos bolsistas ativos que tiveram suas pesquisas afetadas durante a pandemia pelo prazo máximo de três meses. A solicitação pode ser feita a qualquer momento, durante a vigência da bolsa, e deve ser registrada no Sistema de Controle de Bolsas e Auxílios (SCBA).


A prorrogação é indicada aos programas que cancelaram ou adiaram as atividades. Os cursos que estão com restrições de acesso às instalações necessárias à execução das pesquisas ou outros contratempos ligados à COVID-19 também podem estender o tempo das bolsas da CAPES.


As cotas continuarão ocupadas no período de prorrogação e os  programas não poderão substituir os bolsistas durante este prazo.

Confira a Portaria nº 55.

Prorrogação das bolsas CNPQ

CNPq informa a possibilidade de prorrogação de Bolsas Institucionais de Iniciação Científica e Tecnológica, de Mestrado e de Doutorado no País, por até 60 dias, devido às restrições impostas pela pandemia do coronavírus. Veja os detalhes: https://bit.ly/3ccjprl

  • Facebook Social Icon
  • Twitter ícone social
  • whatsapp
  • Instagram ícone social
  • YouTube ícone social
© 2020 por Tudo Sobre Pós-Graduação

Minas Gerais - Brasil