top of page
pea - banner - site -2.png
  • Foto do escritorTudo Sobre Pós-graduação

Precisamos falar sobre a saúde mental dos pós-graduandos

A saúde mental de estudantes de pós-graduação é um tema que tem recebido cada vez mais atenção nos últimos anos. Diversos estudos têm mostrado que estudantes de pós-graduação estão mais propensos a desenvolver problemas de saúde mental do que a população em geral.


Um estudo publicado na revista "Nature Biotechnology" em 2018, por exemplo, mostrou que mais da 40% dos estudantes de pós-graduação nos Estados Unidos relataram sintomas de ansiedade e depressão. O estudo também mostrou que esses problemas de saúde mental estavam afetando negativamente o desempenho acadêmico dos estudantes.


No Brasil, uma pesquisa com quase 6 mil participantes, de todas as regiões do país, realizado durante a pandemia de COVID-19, mostrou que 45% dos alunos foram diagnosticados com ansiedade generalizada e 17% com depressão durante o primeiro ano da pandemia. Além disso, mais de 60% relataram crises de ansiedade e dificuldade para dormir. Falta de motivação e problemas de concentração foram reportados por quase 80%. Estes dados estão publicados no "International Journal of Educational Research Open".


Os motivos pelos quais estudantes de pós-graduação são mais propensos a desenvolver problemas de saúde mental são diversos. Pressão para cumprir prazos rigorosos e atender às expectativas dos orientadores, falta de suporte financeiro, falta de orientação adequada, competição acirrada por bolsas de estudo, falta de tempo para cuidar de si mesmos e equilibrar as demandas acadêmicas com outras áreas da vida são alguns dos fatores que contribuem para essa situação.


Além disso, a cultura acadêmica muitas vezes valoriza a ideia de que "trabalhar duro" e sacrificar a saúde e o bem-estar pessoais é necessário para ter sucesso na carreira acadêmica. Essa cultura pode levar os estudantes a ignorar seus próprios limites e a se colocar em situações de estresse e pressão desnecessários.


Robson Cruz, doutor em Psicologia pela UFMG e especialista em organização psicossocial e problemas psicológicos da escrita acadêmica, falou sobre o assunto em entrevista concedida à TV UFMG em 2017.


Para ajudar a combater esses problemas, as universidades devem oferecer mais recursos de apoio à saúde mental para estudantes de pós-graduação, incluindo serviços de aconselhamento e terapia. Também é importante que as universidades adotem políticas e programas que ajudem a reduzir o estresse e a ansiedade dos estudantes, como workshops de gerenciamento de estresse e orientação sobre hábitos de sono saudáveis.


Os próprios estudantes também podem tomar medidas para cuidar de sua saúde mental, incluindo a busca de apoio de amigos, familiares e colegas, estabelecimento de limites saudáveis, a prática regular de exercícios físicos e atividades que proporcionem relaxamento e redução de estresse, como meditação e ioga. A comunicação aberta e a busca por ajuda profissional quando necessário também são fundamentais.


A saúde mental de estudantes de pós-graduação é uma questão importante que precisa ser discutida e abordada. A promoção da saúde mental dos estudantes de pós-graduação é fundamental para garantir que eles possam alcançar seus objetivos acadêmicos e pessoais sem comprometer sua saúde e bem-estar.



Fontes:

Evans, T. M., Bira, L., Gastelum, J. B., Weiss, L. T., & Vanderford, N. L. (2018). Evidence for a mental health crisis in graduate education. Nature Biotechnology, 36(3), 282-284.


Corrêa, R. P., Castro, H. C., Ferreira, R. R., Araújo-Jorge, T., & Stephens, P. R. S. (2022). The perceptions of Brazilian postgraduate students about the impact of COVID-19 on their well-being and academic performance. International Journal of Educational Research Open, 3, 100185.


Levecque, K., Anseel, F., De Beuckelaer, A., Van der Heyden, J., & Gisle, L. (2017). Work organization and mental health problems in PhD students. Research Policy, 46(4), 868-879.


Barreira, P., Basilico, M., & Bolotnyy, V. (2018). Graduate student mental health: Lessons from American economics departments. Harvard Univ.


Stubb, J., Pyhältö, K., & Lonka, K. (2011). Balancing between inspiration and exhaustion: PhD students' experienced socio-psychological well-being. Studies in Continuing Education, 33(1), 33-50.



Comments


bottom of page