top of page
pea - banner - site -2.png
  • Foto do escritorTudo Sobre Pós-graduação

Projeto de Lei que visa o reajuste anual no valor das bolsas de pesquisa pode ser rejeitado.

Entre cortes orçamentários, “contingenciamento” de verba e bolsas, a pesquisa científica brasileira está prestes a sofrer mais um duro golpe. Desde de 2016 tramita na câmara dos deputados um Projeto de Lei, a PL-04559/2016, que dispõe sobre o reajuste anual das bolsas de pesquisa concedidas pelos órgãos de fomento.


Após ser aprovado na Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática (CCTCI) e na Comissão de Educação (CE) da câmara, no último dia 03-10-19 a relatora Bruna Furlan (PSDB-SP), pediu para que a PL fosse rejeitada na Comissão de Finanças e Tributação (CFT), com argumento de incompatibilidade com a lei orçamentária.


Estas bolsas são "o meio de sustento" dos pesquisadores e que muitas das vezes requerem do pesquisador dedicação exclusiva, além de não possuírem nenhum direito trabalhista. O último reajuste foi em 2013, deixando essas bolsas cada vez mais defasadas.


Em breve, essa PL será votada na CTF e se seguirmos a lógica é provável que os deputados sigam a recomendação e rejeitem-na. O que nós pesquisadores e entusiastas da ciência brasileira podemos fazer para que isso não ocorra?


Creio que a única maneira de tentarmos reverter esse quadro é encher a caixa de e-mail dos deputados que fazem parte da CTF, para que a PL seja aprovada e siga para a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania ( CCJC ), a última comissão antes de ir para o plenário da câmara para ser votado pelos deputados.


Link da tramitação da PL-04559/2016:

Link com a lista dos deputados membros da CTF:

Link sobre a tramitação de uma PL:

124 visualizações

Comments


bottom of page