top of page
pea - banner - site -2.png
  • Foto do escritorTudo Sobre Pós-graduação

Qual universidade escolher para fazer uma pós-graduação em nível de mestrado e doutorado?

A escolha da universidade para fazer uma pós-graduação a nível de mestrado e doutorado depende de vários fatores, como a área de estudo que você deseja seguir, a reputação da universidade naquela área, a qualidade do corpo docente e a disponibilidade de recursos e oportunidades de pesquisa.


Algumas das universidades mais reconhecidas no Brasil para programas de pós-graduação incluem a Universidade de São Paulo (USP), a Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).


No entanto, é importante lembrar que outras universidades também podem oferecer programas de pós-graduação excelentes em sua área de estudo específica. Por isso, é importante pesquisar e avaliar várias opções antes de tomar uma decisão.


É recomendável que você verifique o histórico de pesquisa e publicações dos professores do programa de interesse, bem como a disponibilidade de financiamento e bolsas de estudo.


Além disso, é sempre uma boa ideia entrar em contato com alunos e ex-alunos do programa para obter suas opiniões e feedback sobre a qualidade da pós-graduação e da experiência geral na universidade.


Uma das formas de saber sobre a qualidade dos cursos de interesse é através da avaliação que a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) realiza junto aos programas de pós-graduação do país.


A avaliação da CAPES é um importante instrumento para a avaliação da qualidade dos programas de pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado) no Brasil. O processo de avaliação envolve a análise de diversos aspectos, tais como a qualidade do corpo docente, a produção científica dos docentes e discentes, a inserção social e a relevância do programa para o desenvolvimento do país.


Os cursos de pós-graduação passam por avaliações trienais, sendo que a última ocorreu em 2021. Durante o processo de avaliação, a CAPES atribui notas que variam de 1 a 7. As notas (ou conceitos) 1 e 2 implicam o descredenciamento do curso. Seus diplomas deixam de ter validade nacional. As notas 3 a 5 valem respectivamente “regular”, “bom” e “muito bom”. Além disso, há também os conceitos 6 e 7, que expressam excelência constatada em nível internacional. Somente os programas que têm doutorado podem aspirar às notas 6 e 7.


Essas notas são importantes para a definição da distribuição de recursos para os programas e para a concessão de bolsas de estudo para os alunos.


Vale destacar que a avaliação da CAPES é um processo contínuo, que visa estimular a melhoria da qualidade dos programas de pós-graduação. Para isso, a CAPES utiliza critérios rigorosos e atualizados, a fim de garantir a excelência e a relevância dos programas para o desenvolvimento do país.


Além disso, a CAPES incentiva a internacionalização dos programas, por meio de parcerias com instituições estrangeiras e programas de intercâmbio para alunos e professores. Essa internacionalização é importante para o fortalecimento da ciência e tecnologia brasileira, permitindo a troca de conhecimento e experiências entre pesquisadores de diferentes países.


Portanto, a avaliação da CAPES é fundamental para garantir a qualidade e a relevância dos programas de pós-graduação no Brasil, contribuindo para o desenvolvimento científico, tecnológico e socioeconômico do país.


Fontes: https://www.gov.br/capes/pt-br/centrais-de-conteudo/Artigo_18_07_07.pdf

https://www.gov.br/capes/pt-br/acesso-a-informacao/acoes-e-programas/avaliacao

http://portal.mec.gov.br/secretaria-de-regulacao-e-supervisao-da-educacao-superior-seres/180-estudantes-108009469/pos-graduacao-500454045/9205-sp-104468651

http://www.cursodeposgraduacao.com.br/noticias/o-que-define-um-curso-de-pos-graduacao-de-qualidade





Comments


bottom of page