top of page
NPC - BANNER - SITE.png
  • Foto do escritorTudo Sobre Pós-graduação

15 hábitos saudáveis que ajudam a melhorar a qualidade de vida

A maioria de nós quer viver uma vida longa, feliz, bem-sucedida e saudável. Porém, muitas vezes descuidamos de algo muito importante nessa trajetória, de nós mesmos, negligenciamos a nossa saúde física e mental, consequentemente, acabamos sofrendo de várias doenças e deficiências que poderíamos ter evitado.

Isso é muito comum no meio acadêmico e científico, principalmente entre pós-graduandos, que têm jornadas longas, exigentes e estressantes. Mas, não tem que ser assim, com alguns ajustes aqui e ali, podemos desenvolver hábitos que nos ajudarão a viver vidas mais saudáveis ​​e produtivas.


Criar hábitos saudáveis ​​ajuda na saúde mental e no bem-estar. Bons hábitos incluem exercícios regulares, dieta balanceada, pontualidade, cumprimento de promessas, etc.


Veja alguns deles:


1. Comece o seu dia com um belo café da manhã.

O café da manhã é frequentemente chamado de “a refeição mais importante do dia”, e por boas razões, ele interrompe o período de jejum noturno. O café da manhã reabastece seu suprimento de glicose para aumentar seus níveis de energia, além de fornecer outros nutrientes essenciais necessários para uma boa saúde.


2. Beba muita água.

O corpo humano é composto por cerca de 60% de água. É comumente recomendado que você beba oito copos de água por dia. Embora haja pouca ciência por trás dessa regra específica, manter-se hidratado é importante. A água não é apenas uma maneira de liberar a toxina, mas se você tiver mais água em seu corpo, geralmente se sentirá mais saudável.


3. Fique longe de bebidas açucaradas, especialmente refrigerantes.

Refrigerantes são adoçadas com índices elevados de açúcar. Para se ter ideia, uma lata de refrigerante de 350 mL pode conter de sete a dez colheres de sopa de açúcar. Ingerir grande quantidade de glicose prejudica a absorção de elementos químicos como magnésio, zinco e cromo e ainda enfraquece o sistema imunológico, diminuindo, dentre outras coisas, a capacidade de combater o mal causado pelo stress.


4. Inclua alimentos que contenham mais água em sua dieta, como tomates e melancias.

Geralmente os alimentos que mais possuem água são de origem vegetal. A água constitui cerca de 93% do peso do agrião e da abobrinha, por exemplo. O tomate e a melancia apresentam, respectivamente, 95% e 92%. Os diferentes tipos de carne, por sua vez, apresentam em torno de 60% a 75% de água, um valor relativamente inferior ao dos vegetais.


5. Coma frutas frescas.

Muito além de alimentos gostosos e naturais, as frutas são ricas em diversos nutrientes que oferecem benefícios incríveis e essenciais para o organismo, quando o objetivo é alcançar a tão sonhada qualidade de vida.


6. Consuma suco de frutas frescas em vez de suco e suco artificial.

Faça o seu próprio suco de frutas e tome-o ao natural, evite adoçá-lo com muitas calorias.


7. Escolha frutas frescas ao invés de frutas processadas.

Frutas processadas e enlatadas não têm tanta fibra como fruta fresca, além disso quase sempre elas adoçadas artificialmente.


8. Aumente a sua ingestão de fibras.

O corpo precisa de muita fibra. Portanto, tente incluir na sua dieta tantas frutas e verduras quantas puder. Uma alimentação rica em fibras pode ter um papel importante no controle de inflamações e na prevenção de doenças. Isso porque as fibras alteram a microbiota intestinal, funcionando como alimento para as bactérias boas presentes na região.


9. Coma verduras e legumes.

Cada verdura e legume tem um benefício especial, por isso é muito importante variar o cardápio com a maior quantidade de alimentos desses tipos que conseguir. Ricos em diversos nutrientes, esses alimentos auxiliam o organismo de diversas formas. Tente incluir uma salada em sua dieta sempre.


10 - Cuidado com o excesso de lanches e junk food´s

Geralmente são alimentos carregados em gorduras saturadas, açúcares e calorias e com poucos nutrientes — como vitaminas, minerais e fibra. Esse grupo de alimentos não é indicado como essencial em uma dieta balanceada e seu consumo deve ser limitado. Em excesso, a junk food pode oferecer riscos à saúde como o desenvolvimento de diabetes ou doenças cardiovasculares.


11. Não pule as refeições.

Fazer refeições regulares ajuda a manter o equilíbrio dos níveis de açúcar no sangue. O hábito de comer regularmente melhora os níveis de concentração, humor e energia. Os lanches entre as refeições são importantes para pessoas muito ativas ou com tendência a problemas nos níveis de açúcares no sangue, tais como: hipoglicemia, resistência à insulina, obesidade e diabetes. Ficar por mais de 3 horas sem comer faz com que o corpo não saiba o momento em que irá receber alimento novamente. Assim, o corpo acaba acumulando energia ao invés de gastá-la, tornando o metabolismo cada vez mais lento. Dessa forma, a conversão dos alimentos em energia também se torna lenta, contribuindo para o aumento dos estoques de gordura no corpo.


12 - Tome chá

Sua avó sempre teve razão. Além de poder ter propriedades calmante, termogênica e antioxidante, os chás mantém o organismo equilibrado, fortalece o sistema imunológico e ainda diminui o surgimento de doenças - de um simples resfriado à indigestão.


13. Pratique exercícios

A prática de exercício físico faz bem tanto para o corpo, tanto para a mente. São inúmeras as vantagens, e vão além de somente perder ou manter o peso. Entre os benéficos para a saúde, estão a diminuição de doenças cardíacas, AVC, diabetes, hipertensão, depressão entre outras. Fora isto, os exercícios físicos são capazes de fortalecer os músculos e ossos, reduzir o estresse e ansiedade e melhorar a disposição.


14. Faça alongamentos ao longo do dia

Os alongamentos são exercícios cujo foco é o aumento da flexibilidade muscular, uma vez que provocam o estiramento das fibras musculares, em um processo que promove o seu comprimento ao longo do tempo. Além disso, essa prática traz uma maior amplitude aos movimentos das articulações. Afinal, quanto mais alongado e estimulado o músculo, maior será a qualidade de movimentação da articulação.


15. Durma bem

O sono adequado é vital para sua saúde, mas pode ser difícil de conseguir quando a vida está corrida. Os cientistas não entendem completamente por que os humanos precisam de tanto sono, mas acredita-se que ele ajude a restaurar o corpo fisicamente, além de organizar o cérebro. Em suma, você precisa dormir para que seu corpo e sua mente funcionem adequadamente. Pensa-se também que o sono ajuda a manter o sistema imunológico forte e o coração e os vasos sanguíneos saudáveis. Permite o crescimento e a cura e ajuda a controlar o apetite e o peso. O sono promove atenção, memória e aprendizado.


Lembre-se, é difícil mudar tudo de uma vez; é mais fácil definir metas pequenas e alcançá-las. Isso ajuda a criar bons hábitos. Por exemplo, é mais fácil fazer uma pequena quantidade de exercício por dia do que decidir correr uma maratona. Este mesmo princípio deve ser aplicado na busca de uma rotina mais saudável.


FONTES:

https://www.livingmagazine.net/7-healthy-habits-healthy-life/

https://www.aio.com.br/questions/content/as-bebidas-refrigerantes-sao-adocadas-com-indices-elevados-de-acucar-para

https://brasilescola.uol.com.br/biologia/Agua-dos-alimentos.htm

https://www.conquistesuavida.com.br/noticia/as-10-frutas-mais-nutritivas-para-a-nossa-alimentacao_a1580/

https://vitat.com.br/falta-de-fibras

https://www.ecycle.com.br/junk-food/

https://minutosaudavel.com.br/por-que-comer-legumes-e-verduras/

https://www.sonutricao.com.br/conteudo/curiosidades/curiosidade.php?id=54

https://www.dermaclub.com.br/blog/noticia/beber-cha-faz-bem-a-saude-veja-quais-sao-as-melhores-opcoes-para-cada-momento-e-saiba-como-preparar-a-bebida_a5647/1

https://www.boaconsulta.com/blog/habitos-saudaveis/

https://www.healthdirect.gov.au/sleep



98 visualizações

Comments


bottom of page