• Tudo Sobre Pós-graduação

Para onde você quer ir?

Eu estava navegando no Facebook, num grupo de pós-graduandos, quando me deparei com um post mais ou menos assim:

“Você começa o mestrado, no final, já está assim:  nunca mais quero escrever e ler mais nada na vida, sai pra lá com artigo e pdfs, mas aí você pensa, de que adianta um mestrado sem um doutorado nessa carreira acadêmica? Então você inicia o doutorado já aos trancos e barrancos!”

O post recebeu muitos comentários solidários, segue alguns deles:

“Você inicia o doutorado para continuar estudante e adiar por 4 anos a entrada para a fila do desemprego”

“Só quero terminar o Mestrado e voltar a ter uma vida “normal””

“A maior besteira que fiz na vida foi ter entrado no doutorado. Não vejo a hora de terminar e voltar a ser “tia” no Ensino Fundamental”

“Bom saber que tem mais gente com o mesmo pensamento que eu, mas bola pra frente galera! No fim dá certo (eu acho)”

Então me lembrei desta passagem de “Alice no país das maravilhas”:

Alice está perdida, andando, de repente, vê no alto da árvore o gato. Só o rabão do gato e aquele sorriso. Ela olha para ele lá em cima e diz assim:

“Você pode me ajudar?”

Ele falou: “Sim, pois não.”

“Para onde vai essa estrada?”, pergunta ela.

Ele respondeu com outra pergunta: “Para onde você quer ir?”.

Ela disse: “Eu não sei, estou perdida.

“Ele, então, diz assim: “Para quem não sabe para onde vai, qualquer caminho serve.”

Cursar um mestrado e/ou um doutorado é sempre um caminho tortuoso! Se você entra perdido por este caminho a tendência é piorar e muito a situação. Por isso, pergunte-se onde você deseja chegar, quais são seus objetivos pessoais e profissionais, converse com colegas, busque informações e repasse informações! Só assim é possível amenizar ou evitar o sofrimento de uma pós-graduação frustrada!

Lembre-se, para quem está perdido qualquer caminho serve, mas nem sempre escolhemos o melhor caminho!

 Leia também:  A CIÊNCIA BRASILEIRA E O GATO DE SCHRÖDINGER

#pósgraduação #INFORMAÇÃO